Nossa missão

 

 

Composto por uma equipe de advogados e estagiários que têm por missão atender e proporcionar, de forma responsável, ao público em geral, pessoa física ou jurídica, que, na busca de seu direito e, consequentemente, da justiça, necessitem de nossos serviços, e que estes possam representar a verdadeira essência da proteção jurisdicional.

Entendemos a importância do nosso trabalho, pois o nosso cliente deposita em nossas mãos o seu bem da vida, o seu direito, que deve ser valorizado e tratado com extremo cuidado e responsabilidade.

Assim, oferecemos um serviço profissional advocatício espelhado no mais alto padrão de qualidade, buscando não só atingir as metas jurídicas dos processos sob nossa responsabilidade, mas principalmente a satisfação pessoal de cada cliente.

Apresentação
 

O escritório HSU Advocacia é formado por uma equipe de profissionais que exercem suas funções com seriedade, responsabilidade, comprometimento e justiça.

A vasta experiência dos advogados, nos mais diversos ramos do direito, confere ao escritório a confiabilidade e a eficiência imprescindível para a defesa dos interesses de seus clientes.

Atua de forma interativa com seus clientes, servindo de ferramenta para a defesa se seus direitos, tanto na solução dos problemas já existentes quanto na advocacia preventiva.

Valoriza-se uma relação próxima entre o cliente e o advogado, o que possibilita o aprofundamento no conhecimento das operações e necessidades do cliente, bem como um planejamento preventivo eficaz.

Notícias e publicações

O prolongamento, ou prorrogação, do benefício previdenciário

 

O sistema previdenciário nacional prevê diversas espécies de benefícios para os seus segurados, dentre os quais está o benefício por incapacidade laborativa, no qual se inclui o auxílio-doença, este concedido quando, após transcorridos os 15 (quinze) dias de afastamento da empresa, o segurado ainda não possui condições de retornar ao trabalho.

Outrossim, esclarece-se que para ter direito ao benefício, o trabalhador deve ter a condição de segurado do INSS e ter, em regra, uma carência mínima de 12 (doze) meses contribuições mensais.

Assim, para obter o benefício, o segurado deve solicitar diretamente ao INSS, através do site http://www.dataprev.gov.br/servicos/auxdoe/auxdoe_atest_trab.htm, onde será agendado um exame a ser realizado por um perito médico do próprio INSS. E, dependendo do laudo pericial, o benefício será, ou não, concedido por um prazo determinado pelo médico perito, após o qual o segurado deverá voltar ao trabalho.

No entanto, caso o segurado sentir, ao final do prazo estabelecido pela perícia médica, que ainda não possui condições de retornar ao labor, deve, a partir de 15 (quinze) dias antes da data de cessação do benefício, solicitar perante o INSS, através do site http://www2.dataprev.gov.br/sabiweb/pppr/inicio.view, oprolongamento ou a prorrogação do benefício.

Deste modo, o INSS agendará uma nova perícia médica, e, se os motivos que levaram à concessão benefício ainda estiverem presentes, haverá a prorrogação do benefício previdenciário por novo prazo determinado.

Todavia, se a prorrogação do benefício previdenciário for indeferida, ou o segurado perder o prazo, este poderá protocolar um pedido de reconsideração, imediatamente após a data da ciência da avaliação médica contrária à existência de incapacidade, ou em até 30 (trinta) dias da data da cessação do benefício anteriormente concedido, perante o INSS através do site supracitado.

Cumpre salientar que o segurado pode protocolar o pedido de prorrogação quantas vezes quiser e o INSS pode conceder a prorrogação por quantas vezes forem necessárias para a recuperação do trabalhador.

Nesse sentido, observa-se que a concessão reiterativa de prorrogações de benefício por incapacidade pode levar à concessão do benefício da aposentadoria por invalidez, bem como a negativa do INSS na concessão da prorrogação do benefício por incapacidade pode ser modificada pela via judicial.

O valor do benefício auxílio-doença corresponde a 91% (noventa e um por cento) do salário de benefício. O cálculo do salário benefício depende da data de inscrição do trabalhador na Previdência Social. Para aqueles que se inscreveram até 28 de novembro de 1999, o salário benefício é a média dos 80% (oitenta por cento) maiores salários de contribuição, corrigidos monetariamente.

Para aqueles que se inscreveram a partir de 29 de novembro de 1999, o salário benefício é a média dos 80% (oitenta por cento) maiores salários de contribuição (corrigidos monetariamente), multiplicado pelo fator previdenciário, que leva em conta a expectativa de vida, a idade, o tempo e a alíquota de contribuição do trabalhador.

 

http://hsuadvocacia.jusbrasil.com.br/artigos/126511824/o-prolongamento-ou-prorrogacao-do-beneficio-previdenciario

Fale conosco

PARA UMA CONSULTA GRATUITA

(82) 3033-3384 
(82) 98111-9051
Whatsapp

Escritório de Maceió
HSU Advocacia e Associados

Rua Artur Vital da Silva, Nº 106, Sl C, Gruta de Lourdes, Maceió - Alagoas.

CEP 57052-790
 

​​EMAIL

hsuchun@gmail.com

Áreas de exercício

 

Direito Trabalhista e Previdenciário

 

Direito Civil

 

Direito Família e Sucessão

 

Direito Empresarial

 

Direito Tributário

 

Direito Ambiental

© 2014 por HSU CHUN CHING 

SIGA-NOS:

  • w-facebook
placa final.jpg